SALMOS 56

SALMOS 56

SALMOS 56

Bíblia online, livro Salmos, capítulo 56 - Versículos de 1 a 13.

Para o mestre de música. De acordo com a melodia Uma Pomba em Carvalhos Distantes. Poema epigráfico davídico. Quando os filisteus prenderam Davi em Gate.

1

Tem misericórdia de mim, ó Deus, pois os homens me pressionam; o tempo todo me atacam e me oprimem.

2

Os meus inimigos pressionam-me sem parar; muitos atacam-me arrogantemente.

3

Mas eu, quando estiver com medo, confiarei em ti.

4

Em Deus, cuja palavra eu louvo, em Deus eu confio e não temerei. Que poderá fazer-me o simples mortal?

5

O tempo todo eles distorcem as minhas palavras; estão sempre tramando prejudicar-me.

6

Conspiram, ficam à espreita, vigiam os meus passos, na esperança de tirar-me a vida.

7

Deixarás escapar essa gente tão perversa? Na tua ira, ó Deus, derruba as nações.

8

Registra, tu mesmo, o meu lamento; recolhe as minhas lágrimas em teu odre; acaso não estão anotadas em teu livro?

9

Os meus inimigos retrocederão, quando eu clamar por socorro. Com isso saberei que Deus está a meu favor.

10

Confio em Deus, cuja palavra louvo, no Senhor, cuja palavra louvo,

11

em Deus eu confio e não temerei. Que poderá fazer-me o homem?

12

Cumprirei os votos que te fiz, ó Deus; a ti apresentarei minhas ofertas de gratidão.

13

Pois me livraste da morte e aos meus pés de tropeçar, para que eu ande diante de Deus na luz que ilumina os vivos.

Salmos 55 Salmos 57

Voltar ao topo desta pagina.


ANTIGO TESTAMENTO

NOVO TESTAMENTO

DEIXE O SEU TESTEMUNHO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *